domingo, 12 de fevereiro de 2012

NewsLetter e Spam - OverdoseVirtual

O programa Overdose Virtual do dia 9 de fevereiro tratou de Spam e newsletter. 




Baixe o programa AQUI
ou escute no player




Os convidados:


Dr Walter Capanema 

Professor da Escola da Magistratura do Estado do RJ, Advogado, Secretário-Geral da Comissão de Direito e TI da OAB-RJ e Membro da Comissão dos Crimes de Alta Tecnologia da OAB-SP. Autor do livro O Spam e as pragas digitais: uma visão jurídico-tecnológica, Editora LTr, 2009




Rachel Fernandez - @rachelfernandez

Atualmente Analista ecommerce
Trabalhou na World Tennis, Netshoes, Polishop e atualmente desenvolve consultoria para busca de marketing digital ou (sem) para a empresa dp6 consultoria de inteligencia digital.



Rafael Miranda Barros 
Pós graduando em Comunicação com o Mercado pela ESPM e formado em Design pela FAAP, lida com design e mkt online há 4 anos no Brasil e no exterior,  trabalha atualmente no terceiro setor no mesmo ramo, em uma fundação para deficientes visuais







  • O Spam surgiu na segunda guerra mundial, os estados unidos começou a enviar produtos que não eram perecíveis, um deles era uma apresuntada enlatada chamada SPAM, por muito tempo só se comia spam na Inglaterra, por causa disso o Monty Python  fez um sketch em que tudo no cardápio era feito de spam, vem dai a ideia de que tudo que é forçado e desagradável é spam. segundo dr Walter Capanema em seu livro O Spam e as pragas digitais: uma visão jurídico-tecnológica, Editora LTr, 2009. Clique para comprar
  • Mas originalmente, SPAM foi o nome dado a uma marca de presunto picante (SPiced hAM, em inglês, de onde surgiu a sigla) enlatado da Hormel Foods, uma empresa norte-americana que vende o produto desde 1937. E como o nome de uma comida enlatada se tornou sinônimo de uma das piores pragas da Internet? A resposta é, curiosamente, o grupo de comediantes britânicos Monty Python. via Terra 
  • O instrumento do Email é ou não uma ferramenta invasiva?
  • Segundo Dr Walter Capanema, estamos sendo cadastrados involuntariamente em bancos de dados, o que infringe o artigo 43, do Código de Defesa do Consumido. 
  • O BOM SENSO ainda é a regra "mais que perfeita" para a boa pratica do newsletter. 
se prefere o vídeo :





a trajetória do Email em infográficos:






Legislação, Manuais e regulamentos






Email marketing
View more PowerPoint from _dp6

a Fundação Dorina Nowill que adota praticas saudáveis e com acessibilidade a deficientes visuais para Email